Álbum de cabeceira: Paramore


Imagem




Ok, ok. Vocês me verão falar muito deles por aqui. Não apenas porque eu sou fã desde meus idos 12 anos, mas porque eu tenho um vício exagerado em ouvir o baixo do Jeremy ao fundo, a guitarra do Taylor e a voz doce e potente da Hayley todos os dias.
Paramore é uma banda estadunidense, formada no Tennessee em 2004. Com esses oito anos de estrada, cinco dos quais com a mocinha aqui acompanhando, eles conquistaram milhares de fãs pelo mundo todo com uma pegada inicialmente puxada para o punk pop, passando pelo rock alternativo e finalmente até um popzinho chiclete. Possuem 4 álbuns de estúdio: All we know is falling (2005), Riot! (2007), Brand New Eyes (2009) e Paramore (2013) e algumas histórias complicadas com ex-integrantes.

Confesso sentir dor ao ouvir a Hayley chamar o Josh pro solo de Misery Business e uma dor maior ainda ao saber que o Zac não vai voltar a tocar Careful (Volta Zac!)
Sucessos de prateleira, que todo mundo conhece. Você pode fingir que não, mas com certeza já tentou imitar o headbang da SpongeBob enquanto escutava Misery Business. E quer música melhor pra cantar bem alto com os amigos que That’s what you get? Mas ainda há The only exception, do meu favoritíssimo Brand New Eyes. Vocês com certeza conhecem.



Então após 3 anos e um hiato doído a todos os fãs, com o lançamento de esparsas músicas, o Paramore lançou em abril um álbum de 17 faixas que fez meu coração tremer de alegria.
Confesso que no início disse várias vezes: “Esse não é o Paramore que conheço” e vocês podem me bater por isso! Retiro essa fala grotesca de minha parte. O álbum é incrível, profundo. Eu precisei ouvir várias vezes e reconhecer que foi um baita trabalho.
Eu quase infartei quando meu namorado me deu o cd. Fotos da minha cara no dia são desnecessárias porque são realmente vergonhosas. Mas desde então eu escuto sempre que posso, inclusive agora.
Há já dois singles lançados: “Now” e “Still into you”. Mas acredito que o primoroso é o que há dentro como Part II, Last Hope, Future, Proof, Ain’t it fun (que tem um coral como fundo!), Hate to see your heart break… Ah, eu poderia dizer mais e mais já que são 17 músicas, mas é bom que descubram sozinhos.
Pra quem curte “Let the flames Begin”, do segundo álbum, é interessante saber que “Part II” é uma continuação do ícone do Riot!
Imagem
O álbum possui inteludes, que são músicas com pouco mais de um minuto e que misturam sons no ukulele com guitarras. O resultado é demais!
Abaixo algumas músicas do novo álbum.



Espero que tenham gostado do post! Deixem comentários aqui no blog!

2 comentários:

startgamesb disse...

Não vou mentir, não sou fã de Paramore mas, algumas músicas são beeem legais! Gostei bastante do post, beijos!

Ana Beatriz Leiroz disse...

Siiiim, algumas estão bem legais mesmo com toda a mudança! Obrigada pelo elogio!