Uma vida inteira de rock n' roll (parte I)



Chegou maio finalmente!! Não sei se vocês sabem, mas é o mês do meu aniversário. Dia 20 eu venho aí para a maioridade e quero ver quem me segura (dinheiro, mãe, pai, responsabilidades, vestibular...)

Não sei quem acompanha meu instagram, mas devem ter percebido que há alguns dias eu postei fotos de um ingresso do show do Capital Inicial. Siiiiiiim, eu fui! E essa foto acima é desse show mesmo, que aconteceu dia 11 de abril! Pensando nisso e na quantidade incrível de shows que eu já fui, decidi fazer para vocês um apanhado das minhas experiências. Pode ser? 

Quando me perguntam porque eu amo shows de rock, a resposta mais legal e verdadeira sempre é: "Porque toda vez que assisto ao show de uma banda que gosto, posso ouvir as músicas tocadas lá com uma percepção e emoção completamente diferentes". Você lembra da sua alegria no dia, em como foi incrível estar próximo a pessoas que você admira e tudo o que passou.

O post é grande e sera dividido em duas partes. A primeira com os 3 primeiros shows e a última com os 3 últimos que fui. 

1º show: Paramore (19/02/2011)


Essa foto foi tirada por uma fanbase do Paramore que eu não lembro qual. E ela é mais especial que qualquer outra por vários motivos.
Não sei se já perceberam, mas sou fã de Paramore desde os meus 12 anos. Então, sim, tem 6 anos que eu acompanho a banda e em 2011 foi quando tive a primeira oportunidade de vê-los. Fui de pista comum mas eu fiquei relativamente perto porque... Olha quem é que está no primeiro plano? Isso mesmo, sou eu! Essa música foi Playing God e a Hayley inclusive apontou para mim, que estava lááááá no alto (em cima do irmão da minha amiga, valeu Victor!). 
Esse foi o show mais incrivelmente insano da minha vida. Tanto por ter sido o primeiro que fui, quanto o primeiro da minha banda favorita ou por ter só 14 anos e poder desfrutar de tanta emoção. Já faz três anos, mas posso fechar os olhos e voltar pra sensação de lá. Além de tudo isso, havia o sentimento de união ao gritar "We are Paramore" porque a turnê aconteceu cerca de dois meses depois da saída dos Farro. Nós ainda éramos Paramore (e somos!).
Fiquei por cerca de 8 horas na fila. A banda foi, como sempre, pontual. O show foi maravilhoso. Na setlist, músicas do até então recente álbum Brand New Eyes e antigas. Rolou Misery Business, Ignorance, Careful, Decode e When it rains. Detalhe para uma desidratação pelos olhos com The only exception e Decode. Aiiii meu coração! 

Onde foi: Citibank Hall/ RJ
Quanto foi: R$80,00 a meia.
Tempo de show: Duas horas



Avril Lavigne (31/07/2011)

Não tenho fotos desse show porque foi bem complicado para mim.
Eu estava ansiosa, mas nunca fui muito fã de Avril. Sempre gostei bastante só que nunca foi algo "OHHH" então já fui tendo em mente que nada superaria o Paramore. Bem, ela superou muito as minhas expectativas. A Avril sabe animar um show e tem uma energia muito boa. O ruim é que fiquei bem mais atrás do que no show do Paramore (apesar de ter conhecido pessoas maravilhosas na fila). 
O problema é que no meio do show eu comecei a sentir uma fraqueza no joelho esquerdo. Era meu último dia de férias e no dia seguinte eu teria aula. Comecei a ficar preocupada. De repente, meu joelho cedeu e caí. Curti o resto do show apoiada em pessoas (me desculpem) e com uma dor imensa. Para sair, eu caí novamente. Bem, eu tive um derrame articular no joelho e fiquei sem andar durante 15 dias entre ressonâncias magnéticas, bolsas de gelo e imobilizações. Depois disso meu joelho nunca mais voltou ao normal.
Na setlist, estavam hits como What the hell, Smile e a nunca velha I'm with you. 

Onde foi: Citibank Hall/ RJ
Quanto foi: R$90,00 a meia.
Tempo de show: Duas horas


Paralamas do Sucesso (maio/2012)



Com esse show, meu objetivo é causar inveja em vocês. 
Eu fui estudante da Fiocruz durante os três últimos anos (Fiocruz é minha grande saudade e produtora das vacinas que a gente toma, um lugar que é o coração da ciência brasileira). Num belo dia de aula descobrimos que os Paralamas do Sucesso estariam fazendo um show de graça, 0800, for free em frente ao castelo. Nem conversamos ou pensamos demais.
No dia seguinte, dia do show, saimos da aula e decidimos rodar todo o campus brincando e rindo demais. As fotos maravilhosamente engraçadas que foram para a formatura são prova de que esse dia foi muito engraçado. Avistamos o palco, largamos as mochilas cheias de material escolar embaixo dele e começamos a dançar e cantar e rir e fazer gracinha. Algumas poucas horas depois entrou o Paralamas. O pátio exterior do castelo já estava lotaaaaaaaaaado! A gente conseguiu dançar muito encostando as mãozinhas no palco. Estão ai as fotos sem zoom que não nos deixam mentir.
Na setlist, Meu erro, Lanterna dos Afogados e Óculos. 

Onde foi: Em frente ao castelo da Fiocruz
Quanto foi: não custou nadaaaaaa
Tempo de show: aproximadamente duas horas


Espero que tenham gostado da parte I. A parte II já está pronta, mas eu postarei só depois, ok? (:


10 comentários:

Juliana Senra Schubert disse...

O show do Paralamas foi tãão bom!! Saudades <3

Camila Paradiso disse...

Haaa já comecei a ficar com inveja quando li que vc foi no show do capital, (to loouca pra ir) e depois que vi que vc foi ver a Avril e os Paralamas quase chorei de invejinha kkkkk uma pena o que aconteceu no show da Avril, mas ainda bem que vc se recuperou, conheci seu blog pelo cometário que vc deixou no blog da Bru, do É febre!! e já fiquei super feliz de saber que você faz niver em maio, adoro pessoas que fazem nesse mês lindoooo kkkk, o meu é dia 7 :P Estou esperando o outro post dos shows hemm!!

Beijoos

www.rendasefuxicos.com.br

Maria Clara Aragão disse...

OLHA, vou te confessar que o único show na vida que eu fui foi o da Anahí. E eu chorei (e fico tristona) até hoje porque eu nunca fui ao do RBD (sem preconceitos por favor), hahahaha! Desses seus shows eu gostaria de ir ao dos Paralamas e ao da Avril. Que incrível, o bom é ter histórias pra contar. (E se serve eu fui a um dos Castro Brothers e do Cauê Moura num evento de anime, :D)

Thami disse...

Ah, queria tanto ter alguém pra me levantar no meio dos shows nas minhas músicas preferidas pra eu ver melhor e tal, mas nunca acho ninguém (bom, deve ser porque a maioria das pessoas que vão nos shows que eu vou, são a maioria meninas ou gays, ai fica meio difícil alguém me levantar) hahaha! Nossa,. eu adoro Misery Business, Ignorance e Decode, eu não sou fã mas curto as músicas do Paramore. Gente :o Seu joelho tá melhor agora? Tipo, não deu mais isso não né? Nossa, deve ter sido horrível na hora a sensação, mas você podia pedir para o segurança uma cadeira pra ver ou coisa do tipo, lá no Citibank pegaram uma garota e passaram ela pra pista premium e tudo, só porque ela "desmaiou" (que na verdade foi falso, porque a amiga dela falou 'pode deixar, eu te seguro' minutos antes dela "demaiar", mas ok). Eu curto também algumas músicas do Paralamas do Sucesso e que bom que foi um show divertido e vocês ficaram pertinho :o adorei!

Bitocas!
www.likeparadise.com.br

Isabella Florenzano disse...

Oi, Ana, tudo bem? Eu também amo rock e estou com inveja dos shows que você foi! haha Dos que você citou, só fui em dois do Capital, mas tenho ótimas histórias. Das duas vezes consegui encontrar os "garotos", acredita? Eles são extremamente simpáticos e sem frescuras. O abraço do Fê é incrível! <3 Eu adoro o show deles, conseguem sempre me colocar pra cima! Outro que eu adoro também e consegue me deixar do mesmo jeito é o do Jota Quest, que fui duas vezes também. Já o show que mais me decepcionou foi o d'O Rappa. Estou curiosa para ver as continuações desse post, :)

Beijinhos,
Isa - www,entreparagrafos.com

Ana Beatriz Leiroz disse...

Foi mesmo, Jujuba. Melhor ainda por ter sido com vocês!

Ana Beatriz Leiroz disse...

Ahhhh, o seu aniversário está chegando!! Parabéns antecipado pra nós duas, não? Eu falei do show do Capital especificamente nos segundo post da série e ele foi o último que fui, realizando sonhos!
Você também lê o É febre!!, não? Ele é maravilhoso mesmo! Que bom que você chegou aqui também, seja muito bem-vinda!

Ana Beatriz Leiroz disse...

Olha que história é algo que não falta meeeeesmo quando eu falo de shows que já fui. Sempre uma confusão nova! No último do Paramore mesmo que foi a maior está no próximo post. Obrigada por ter vindo aqui, seja sempre bem-vinda!

Ana Beatriz Leiroz disse...

Oi, Thami! Depois do dia da Avril, descobri um problema no joelho. Quase operei, sabia? Mas depois viram que não havia necessidade. Durante um bom tempo fiz fisioterapia e não posso ficar muito tempo apoiada nele (tipo em ônibus em pé). E quanto faz muito frio ele doi e dá uma travadinha. Foi bom porque eu nunca teria descoberto o problema sem o derrame do show.
E eu morro de raiva de gente que dá esses jeitos desonestos em shows. No segundo post da série eu comentei sobre a confusão da fila do Paramore e foi bem assim. Ai, que ódio!
Que bom que gostou do post, Thami! Volte sempre <3

Ana Beatriz Leiroz disse...

Oi, Isabela! Que honra você aqui! Sempre acompanho seu blog!
Ai, que invejinha de você que conheceu o pessoal do Capital! Tenho muita vontade! Se o show foi bom, imagino vê-los de pertinho! Sério que O Rappa te decepcionou? Estava querendo ir num show deles semana que vem... Puxa vida!
Obrigada por ter vindo aqui! Volte sempre, viu?

Beijos!